Who Made My Clothes?


This is #fashionrevolutionweek, an event created by Fashion Revolution, an organisation who wants to change the fashion industry by leading us (the costumers, duh!) to question the brand's who make this industry so unsustainable to the people and the planet. With this being sad, I thought I would do a little reflection on this very alarming subject.

Don't take me wrong, I also love clothing and style like you (or more), but It's getting harder and harder for me to shop at fast-fashion brands without feeling a sense of guilt. Why? Because I know the consequences - and they are bad: from the terrible & inhumane working conditions of the factories to the awful polluting of the oceans, rivers and lands for fast cotton producing and fabric dyeing... the list goes on. I've questioned myself quite a few times If I could be a part of the blogging/instagram community while still trying hard to keep myself away from fast fashion shopping. It's not easy to not be influenced and influence others to buy a certain item. But then, if we can promote a pieces of clothing so well, is it that hard to promote a conscious way of shopping? Yes, it is quite less ordinary, but once the revolutionary word is out, I think we can do anything.

And yes, it isn't always easy to shop second hand, or vintage clothing, but if we are aware of thie problems that come with compulsive shopping at fast-fashion shops, we'll be far more less likely to crave as many pieces of clothing as we used to. And I know that sometimes it may be harder to find specific trends at second-hand shops, and that eco friendly shops aren't as cheap as Zara or Primark. But do you not think that fair working conditions and a less polluted world aren't enough reasons for us to change our huge consumption of items of clothing, many of which we don't really need nor love?

But really, if you want to make a change (like me) here are some  REALLY cool places where you can shop: Bird On a Wire VintageASOS Market Place (Vintage & Independent Boutiques), Avelina's VintageDorado Vintage (...) I'll show you more soon!



Esta é a semana da #fashionrevolutionweek, um evento organizado pela Fashion Revolution que permite levar os consumidores a questionar as empresas e a pedir mais transparência nos assuntos humanitários e ecológicos da produção de peças.

Assim, pensei em explorar este tema que todos nós preferimos ignorar: as consequênciais devastadoras - humanas e ambientais - da fast-fashion.

Adoro peças de roupa novas. Fazem-me feliz e ajudam-me a a sentir-me bem. Mas a verdade é que já não tenho conseguido ignorar o facto de a maioria das lojas onde tenho comprado roupa até agora sejam extremamente poluentes para o ambiente e exploradoras das pessoas. Será que 'aquele' vestido floral que só vamos usar uma vez vale todas essas consequências tão terríveis e negativas? Claro que não.

Tenho-me questionado se é possível estar dentro deste meio dos blogues sem fazer parte deste ciclo promovedor de um consumismo acelerado, que tanto gosta da Inditex (a cadeia Espanhola da qual fazem parte lojas como a Zara, Bershka, Pull&Bear, Oysho...). Mas a verdade é que tal como nos podemos influenciar a comprar uma determinada peça na Zara, podemos também quebrar o ciclo, influenciando-nos uns aos outros a refletirmos sobre esta indústria, a terceira mais poluente do planeta. Investir em peças com melhor qualidade, comprar peças em segunda mão, vintage ou comprar em lojas que garantam condições justas aos seus trabalhadores e a redução do desperdício resultante da produção de peças, são as opções a escolher se queremos um mundo mais justo e menos poluído. Sim, pode ser mais trabalhoso, mas acaba por ter também outras vantagens: a garantia da singularidade de cada peça, algo que não temos em nenhuma loja de 'fast-fashion'.

Se quiserem mesmo mudar (tal como eu) aqui ficam alguns dos sítios onde podem comprar peças eco e human friendly: Bird On a Wire VintageASOS Market Place (Vintage & Independent Boutiques), Avelina's Vintage, Dorado Vintage, (...) Mostro-vos mais num próximo post! Deixo-vos com uma curta realizada pela Fashion Revolution:

1 comment

  1. Adorei Mariana! Tenho também duas sugestões, apesar de ser um pouco mais cara a Reformation é eco-friendly e com as melhores peças.
    E a Emma Watson criou recentemente um instagram sobre todas as peças eco-friendly que ela está a usar na press tour do seu novo filme Bela e o Monstro. Aqui: https://www.instagram.com/the_press_tour/

    ReplyDelete

Facebook Instagram Tumblr Bloglovin'
© 2016- The Unknown Closet